Saiba como projetar escadas seguras e ergonômicas

Um bom projeto de escadas em residências, edifícios comerciais e institucionais precisa atender a uma série de requisitos, como segurança, conforto e beleza. Além de possibilitar a circulação vertical para vencer desníveis, as escadas podem se tornar protagonistas, seja por seu impacto estético no ambiente, seja por permitir aos seus usuários ângulos e vistas especiais.

Independentemente do tamanho ou da tipologia (reta, em L, em U, curva), as escadas devem ser concebidas em consonância com referências técnicas como:

  • ABNT NBR 9077 – Saídas de emergência em edifícios (atualmente em revisão)
  • ABNT NBR 9050 – Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos
  • Instruções técnicas do Corpo de Bombeiros estadual

A definição do local de implantação da escada e a escolha do desenho são os primeiros pontos a serem analisados pelo projeto. A localização deve ter como base um estudo capaz de impedir que haja a ocorrência de cantos sem uso e/ou de problemas de circulação no ambiente.

Dentro dos parâmetros estipulados pelas normas, a altura dos degraus pode ser trabalhada em projeto para que o acesso aos espaços seja mais rápido ou lento, ditando o ritmo de subida e descida do usuário.